Redação – Anderson (SESI Maracaju)

3 minutos para ler

Turismo de uma forma segura!!

O turismo sexual é um problema atual que envolve muitas questões políticas e socioculturais, desde o descobrimento do Brasil nos anos 1500, os portugueses que descobriram o Brasil viam o país como uma região turística por suas belas praias, morros e rios. Não distante da realidade, hoje em dia não mudou nada, porém tendo foco nas belas praias com mulheres esbeltas de biquíni, chamando a atenção dos turistas dessa maneira. Diante disso, dois pontos são muito agravantes nesse tema: o fato de ocorrer exploração de crianças e adolescentes e também sobre a questão da visão dos turistas perante as mulheres brasileiras.

Conforme relatado, devido ao turismo sexual ocorre muita exploração de crianças e adolescentes, e à medida que esse fator aumente o país fica mais inseguro em relação a isso. Segundo dados do balanço geral divulgados pelo Ministério da Mulher, apontam que houve 351 denúncias de exploração sexual infantil entre os anos de 2011 e 2019 no disque 100. Pode-se perceber então que são dados bem agravantes, que deixam claro a existência de abusos nessa área turística, que é também a principal fonte econômica da nação brasileira.

Outrossim, seria a prática de propagandas de mulheres com biquínis favorecendo o turismo sexual, pois assim o país atrai muitos turistas que buscam aventuras eróticas. Dessa maneira, fazendo com que haja tráfico das mulheres, até mesmo menores de idade, e isso é um fator muito prejudicial para o Brasil. De acordo com a Organização das Nações Unidas cerca de 2,5 milhões de pessoas são vendidas a cada ano e destas, 80% são mulheres, tudo isso devido ao turismo sexual, que influencia pessoas a ganharem dinheiro em cima disso.

Portanto, o fato de ocorrer exploração infantil e também sobre a questão da visão dos turistas perante as mulheres brasileiras faz com que a população se sinta cada vez mais insegura umas com as outras. Desta forma cabe ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio de verbas governamentais, fiscalizar, principalmente as áreas turísticas fazendo com que não haja exploração infantil e também das mulheres. Proporcionando assim um país mais seguro e aberto para receber os turistas tranquilamente.

Anderson
2ª série do EM
SESI Maracaju

Destaques SESI – Mato Grosso do Sul

Ao longo do ano de 2020, alunas e alunos das séries finais do Ensino Fundamental II e de todo o Ensino Médio da Rede SESI do Mato Grosso do Sul realizaram oito atividades de escrita do gênero Enem no Programa Letrus. 

Estudantes gostaram muito da experiência e tiveram uma evolução incrível da primeira até a última atividade! E nós não poderíamos deixar passar essa oportunidade de valorizar e parabenizar cada um, não é mesmo?

Portanto, estamos publicando os últimos textos dos/das estudantes que, em cada série, de toda a Rede, realizaram todas as atividades no Programa Letrus e tiveram a maior evolução entre a primeira e a última redação.

Posts relacionados

Deixe um comentário